quinta-feira, 30 de outubro de 2014

NOTA DE FALECIMENTO

Faleceu na madrugada de hoje no Hospital das Forças Armadas (HFA), no Cruzeiro, em Brasília, o amigo e frequentador do Bar do Ceará, senhor LUIZ GONZAGA DO AMARAL, com a avançada idade de 89 anos. Nasceu no dia 29 de março de 1925, em Recife, Pernambuco. Mas era matogrossense de coração, porque foi para lá com apenas 2 anos de idade.

Seu pai, o português Eduardo Correia, engenheiro-agrônomo e sua mãe, a pernambucana dona Maria Amélia Borba Amaral, do lar se mudaram para Corumbá, na época pertencente ao estado de Mato Grosso. Com a divisão do Estado, passou a integrar o Mato Grosso do Sul.

E foi em meio a natureza exuberante do Pantanal que o seu Luiz, como nós o chamavámos, se criou. Em 1938, depois de ter se especializado em Radiologia, foi morar no Rio de Janeiro, onde ingressou no Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil.

E graças a isso teve a oportunidade de conhecer o mundo. Se aposentou na década de 80, quando transferiu residência para Brasília. Acostumado ao trabalho, foi contratado pelo Hospital das Forças Armadas do Distrito Federal, ao início de 2003.

Era casado com dona Elenir Costa Amaral, de cuja união nasceram dois filhos: o médico Paulo César Costa Amaral, que reside no Rio de Janeiro e a pedagoga Sandra Fátima Amaral da Cunha, casada com o também pedagogo Célio da Cunha, que reside no Lago Norte, em Brasília.

O sepultamento ocorreu às 18 horas de hoje no Cemitério Campo da Esperança, no Plano Piloto, em Brasília. A família enlutada, os sentimentos dos proprietários e clientes do Bar do Ceará. (Nilo Dias)


quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Eis aí um cara bonito












Seguro morreu de velho


Salve-se quem puder


O negócio é prisão de ventre


Para a pior das fomes


Soneira braba


O brabo é o falatório


O velho do saco existe


Super ocupada


É muito fácil


Higiene é tudo


Tá doido?


Coisa bem feia


Nem com reza


Olha a fera


Farinhada


Sexo mudo


A "saudade" é grande


Candidato


domingo, 21 de setembro de 2014

Vige!!!


Presente grego


De regime


Mais burro que loira


Cartão de crédito