domingo, 8 de abril de 2018

Sobradinho encerra longo jejum com a conquista do tri


Leão da Serra derrotou o Brasiliense por 1 x 0 no tempo normal, na decisão no Mané Garrincha, e levou a melhor nas cobranças de pênaltis

Por Victor Gammaro - Especial para o Correio Braziliense

Foi com emoção até o final. O Campeonato Brasiliense de 2018 foi decidido na marca da cal por Brasiliense e Sobradinho. Após vitória do Leão por 1 x 0 no tempo normal, mesmo placar que o Jacaré fez no jogo de ida.

Na marca fatal, melhor para o Sobradinho, que levou o tricampeonato local após vencer a disputa por 4 X 3, com destaque para Michael, que defendeu três cobranças. O Leão não levava a taça para casa desde 1986.

Precisando do resultado, o Sobradinho chegou com perigo logo aos dois minutos, quando João Manoel bateu falta e obrigou Sucuri a defender.

Cinco minutos mais tarde, Mirandinha fez linda jogada e foi derrubado por Welton Felipe na área, pênalti para o Leão. Platini, artilheiro do Candangão com 11 gols, cobrou e o goleiro do Jacaré saltou para o lado direito para defender.

Após o pênalti desperdiçado, o Brasiliense parou o ímpeto inicial do Sobradinho e passou a jogar no campo de ataque. Aos 17, Filipe Cirne chutou de fora da área e assustou Michael pela primeira vez no jogo.

Aos 22, após grande trama do ataque do time amarelo, Souza chutou para um gol sem goleiro, mas viu o zagueiro Rambo salvar em cima da linha.

Aos 26, a pressão do Brasiliense se transformou em gol. Nunes recebeu na pequena área e chutou mascado, a bola ia entrando, mas Cirne quis conferir e tocou para o fundo das redes. Porém, o camisa 7 estava em posição irregular e o auxiliar anulou o lance.

A resposta do Sobradinho veio aos 34, quando Mirandinha, o melhor em campo na primeira etapa, carimbou o travessão de Sucuri. O primeiro tempo acabou com o número de bolas na trave empatado.

Perto do fim, Souza colocou na cabeça de Reinaldo, que acertou o poste esquerdo. Apesar da falta de gol, não faltou emoção na primeira metade do confronto. Além do bom futebol em campo, as duas torcidas deram um show na arquibancada.

Um fato chamou atenção: até o fim da etapa inicial, os refletores do Mané Garrincha não foram acesos, e os últimos 10 minutos foram jogados à meia-luz. No intervalo, porém, a iluminação artificial foi ligada.

Gol só na segunda etapa

A vantagem do Brasiliense acabou antes do primeiro minuto do segundo tempo. Aos 35 segundos, João Manoel recebeu grande passe de Mirandinha e tocou para marcar o gol que deixou a decisão empatada, já que o Jacaré venceu o duelo de ida por 1 x 0. Após o gol, o Sobradinho diminuiu o ritmo e viu o Brasiliense criar chances de empatar.

Aos 14, em jogada muito parecida com a do gol, João Manuel quase marcou novamente. Platini driblou Gérson e tocou para o camisa 10, que dominou e tentou de voleio, que só foi parado por um milagre de Sucuri.

O técnico Ailton Ferraz, do Jacaré, queria resolver a decisão nos 90 minutos. Antes dos 20 minutos, ele tirou o lateral Patrick e colocou o meia-atacante Luquinhas.

Perto do fim, Numa cabeceou muito perto e tirou tinta da trave, foi a última oportunidade do confronto. Com o placar, o Candangão de 2018 foi decidido nos pênaltis.

Agora, o Brasiliense fica totalmente focado na Série D do Campeonato Brasileiro. O torneio começa no dia 21 de abril. O time está no grupo A10, ao lado de Corumbaense-MS, Dom Bosco-MT e Iporá-Go. O outro representante do Distrito Federal é o Ceilândia, que está na chave A11, com Aparecidense-GO, Novoperário-MS e Sinop-MT.

Públicos

Ao todo, 51.714 pessoas pagaram ingresso para assistir o Candangão nesta temporada. O número não chega nem perto dos 72.788 torcedores que o Mané Garrincha comporta.

A média de público pagante só torneio foi de 698 pessoas. A partida que recebeu menos gente no torneio foi entre Bolamense e Luziânia, no Abadião, pela sexta rodada da competição. O jogo marcou o pior público pagante de toda a história do Candangão. A decisão marcou o recorde de espectadores da edição deste ano, quando 5016 pessoas estiveram na arena.

Frustração

Dois jogadores do Brasiliense não têm motivos para comemorar. Pelo terceiro ano consecutivo, Badhuga e Filipe Cirne foram vice-campeões candangos. Eles estavam no elenco do Ceilândia derrotado pelo Luziânia em 2015 e também eram atletas do Gato Preto, no ano passado, quando o próprio Brasiliense levou a taça.

Ao fim do jogo a comemoração dos jogadores e dirigentes do Sobradinho.

segunda-feira, 2 de abril de 2018

Candangão 2018

Brasiliense a um empate do título

O Sobradinho recebeu o Brasiliense neste sábado (31) pela primeira partida das finais do Campeonato Candango de 2018. Em jogo disputado com direito a boa participação da torcida do Leão, o Jacaré conseguiu ser mais efetivo e venceu o jogo pelo placar de 1×0.

Com o resultado, o time amarelo joga pelo empate no jogo de volta para conquistar o seu décimo título candango. Já o Sobradinho precisará reverter o placar para sonhar com o título local que não conquista desde 1986. Novo 1×0 a favor do Leão leva a decisão para os pênaltis.

Sobradinho melhor, mas quem marca é o Jacaré

Sobradinho e Brasiliense entraram em campo com praticamente a mesma função das rodadas anteriores. No Leão, apenas uma mudança: o volante Everton assumiu a lateral direita na vaga de Luan. Já o Brasiliense efetivou o lateral direito Gabriel no meio de campo para dar mais mobilidade no ataque.

Após um começo de jogo estudado, o Leão da Serra empurrado pela sua torcida começou a dominar o jogo. Mas o domínio não se traduziu em lances de perigo. Apenas aos 19 minutos de bola rolando viria o primeiro lance de perigo do Sobradinho. Após cruzamento na área, Michel Platini cabeceou firme mas para fora. A resposta do Brasiliense veio em jogada de bola parada. Aos 24′ Souza bateu falta no cantinho direito e Michael fez a ponte para praticar a defesa.

Aos 27 minutos o Brasiliense chegou ao seu gol. Filipe Cirne levou a bola pelo meio de campo e tocou em profundidade para Reinaldo sem marcação chutar rasteiro. A bola passou por baixo de Michael que só pôde buscar a bola no fundo de suas redes.

O Jacaré teve uma grande chance de aumentar o placar aos 32 minutos. Reinaldo deu um drible desconcertante em Rambo e acabou sendo derrubado pelo zagueiro adversário. O árbitro Vanderlei Soares marcou pênalti. Na cobrança Nunes chutou forte mas muito alta e abola saiu para as arquibancadas.

Dois minutos depois Michel Platini recebeu lançamento pela direita e quando foi chutar acabou bloqueado por Gérson. No último lance de perigo da primeira etapa Reinaldo driblou a zaga e chutou rasteiro. Michael salva com os pés. 

Jogo foi disputado e ambas as equipes jogaram pela vitória. Foto: Ricardo Botelho

No segundo tempo o Sobradinho veio mais disposto a igualar o placar, porém encontrou um Brasiliense bem postado em seu campo de defesa. Com apenas cinco minutos o volante Éverton Cézar cruzou bola direto no gol do Brasiliense, Sucuri espalmou e no rebote Mirandinha chutou em cima da zaga.

Aos 13′ o veloz Mirandinha recebeu em profundidade e chutou cruzado no gol. Mas a arbitragem anulou o tento por impedimento. Aos 27′ Gabriel cruzou para a pequena área e Michel Platini testou firme, mas a bola explodiu no travessão. Cinco minutos depois Giovane arriscou um chute da intermediária e a bola passou perto da trave direita de Edmar Sucuri.

Aos 48′ Maranhão cruzou para a área pela direita e Platini emendou um lindo voleio, mas a bola saiu por cima da meta de Edmar Sucuri. No último minuto de jogo quase o Brasiliense amplia. Gérson ganhou da marcação pela esquerda e cruzou na cabeça de Luquinhas que arrematou para o chão, mas Michael atento praticou a defesa.

No próximo sábado, Sobradinho e Brasiliense voltam a se encontrar pelo segundo jogo da decisão do título. O jogo está novamente marcado para o estádio Mané Garrincha.

FICHA TÉCNICA

SOBRADINHO 0 x 1 BRASILIENSE

Estádio Mané Garrincha, 31/03/2018, 16h15
Público: 3.309
Renda: R$ 21.750,00
Árbitro: Vanderlei Soares, auxiliado por Lucas Guerra e Lehi Souza 
Gol: Reinaldo (27′ – 1T).
Cartóes amarelos: Wallace e Gérson (Brasiliense) e Gabriel (Sobradinho)
Cartão vermelho: não houve.
Sobradinho: Michael - Everton Cezar (Rafael) - Igor - Rambo e Dionatan. Lucas Dias - Geovani - Gabriel e Joãozinho (Maranhão). Michel Platini e Mirandinha (Guilherme). Técnico: Vitor Santana.
Brasiliense: Edmar Sucuri - Patrick - Wallace - Welton Felipe e Gérson. Radamés - Gabriel - Filipe Cirne (Zizu) e Souza (Peninha). Reinaldo (Luquinhas) e Nunes. 
Técnico: Ailton Ferraz.

Jogo foi disputado e ambas as equipes jogaram pela vitória. (Foto: Ricardo Botelho)

RESULTADOS ANTERIORES

SEGUNDA FASE

A – CEILÂNDIA x FORMOSA

18/03 – No “Diogão”, em Formosa: Formosa 0 X 2 Ceilândia
22/03 – no “Abadião”, em Ceilândia: Ceilândia 1 X 1 Formosa

Classificado o Ceilândia

B – GAMA x LUZIÂNIA

17/03 – No “Serra do Lago”, em Luziânia: Luziânia 1 x 1 Gama
21/03 – No “Bezerrão”, no Gama: Gama 0 1 X 1 Luziânia

Classificado o Luziânia

C – BRASILIENSE x PARACATU

17/03 – No “Frei Norberto”, em Paracatu:  Paracatu 0 X 2 Brasiliense
21/03 – No “Abadião”, em Ceilândia: Brasiliense 2 X 0 Paracatu

Classificado o Brasiliense

D – SOBRADINHO x REAL

18/03 – No “Bezerrão”, no Gama: Real 2 X 4 Sobradinho
22/03 – No “Augustinho Lima”, em Sobradinho: Sobradinho 2 X 1 Real

Classificado o Sobradinho

TERCEIRA FASE

E – CEILÂNDIA x SOBRADINHO

25/03 – No “Augustinho Lima”, em Sobradinho: Sobradinho 3 X 1 Ceilândia
28/03 – No “Abadião”, em Ceilândia: Ceilândia 0 X 0 Sobradinho

F – LUZIÂNIA x BRASILIENSE

25/03 – No “Serra do Lago”, em Luzîânia: Luziânia 1 X 0 Brasiliense
28/03 – No "Bezerrão", no Gama: Brasiliense 2 X 1 Luziânia

Brasiliense X Sobradinho decidem o título de campeão 2018.

domingo, 25 de março de 2018

Karina Lemos, a anã mais sexi do Brasil


Fotos: Beradeiros Curiosos












segunda-feira, 12 de março de 2018

Um agradável encontro

No último sábado, 10, encontrei no "Bar do Bigode", no Condomínio Mansões Sobradinho, onde moro, os ex-jogadores bicampeões de 1985/1986 pelo Sobradinho EC., Régis e Michael, que confraternizavam com um grupo de amigos.

Como conheço os dois e sou amigo deles há anos, aproveitei a oportunidade para guardar uma lembrança. São remanescentes de uma época em que o "Leão da Serra" mandava no futebol do Distrito Federal.

Nilo Dias e Régis.

Nilo Dias e Michael.

sexta-feira, 9 de março de 2018

Candangão 2018


ÚLTIMOS RESULTADOS

8ª Rodada

24-02-2018 – No “Frei Norberto”, em Paracatu: Paracatu 2 X 4 Gama
25-02-2018 – No “Augustinho Lima”, em Sobradinho: Paranoá 1 X 1 Formosa
25-02-2018 – No “Bezerrão”, no Gama: Santa Maria 0 X 4 Brasiliense
25-02-2018 – Mo “Rorizão”, em Samambaia: Samambaia 0 X 1 Bolamense
25-02-2018 – No “Abadião”, em Ceilândia: Ceilândia 1 X 0 Sobradinho
25-02-2018 – No “Serra do Lago”, em Luziânia: Luziânia 3 X 3 Real

Gama ganhou do Paracatu fora de casa.

9ª Rodada

28-02-2018 – No “Augustinho Lima”, em Sobradinho: Real 1 X 0 Samambaia
28-02-2018 – No “Abadião”, em Ceilândia: Bolamense 2 X 2 Paranoá
28-02-2018 – No “Diogão”, em Formosa: Formosa 2 X 2 Luziânia
28-02-2018 – No “Mané Garrincha”, no Plano Piloto: Brasiliense 0 X 0 Paracatu
28-02-2018 – No “Bezerrão”, no Gama: Gama 1 X 0 Ceilândia
01-03-2018 – No “Bezerrão”, no Gama: Santa Maria 1 X 2 Sobradinho

10ª Rodada

03-03-2018 – No “Augustinho Lima”, em Sobradinho: Paranoá 0 X 2 Real
04-03-2018 – No “Rorizão”, em Samambaia: Samambaia 2 X 2 Santa Maria
04-03-2018 – No “Augustinho Lima”, em Sobradinho: Sobradinho 1 X 2
04-03-2018 – No “Abadião”, em Ceilândia: Ceilândia 3 X 0 Paracatu
04-03-2018 – No “Diogão”, em Formosa: Formosa 1 X 0 Bolamense
07-03-2018 – “No Serra do Lago”, em Luziânia:Luziânia 0 X 0 Gama


Luziânia e Gama não saíram do zero. (Foto: Douglas Oliveira/Ascom S. E. Gama)

Jogo atrasado da 5ª Rodada


07-03-2018 - No "Bezerrão", no Gama: Santa Maria 1 X 0 Ceilândia

Chegamos à última rodada do "Candangão". Seis equipes estão matematicamente classificadas para a fase dos mata-matas: Brasiliense, Ceilândia, Gama, Paracatu, Real e Sobradinho. Duas vagas ainda estão em aberto. 

11ª Rodada – Última da Fase de Classificação

14-03-2018 – No “Rorizão”, em Samambaia: Brasiliense X Formosa
14-03-2018 – No “Bezerrão”, no Gama: Gama X Real
14-03-2018 – No “Serra do Lago”, em Luziânia: Santa Maria X Bolamense
14-03-2018 – No “Abadião”, em Ceilândia: Ceilândia X Samambaia
14-03-2018 – No “Augustinho Lima”, em Sobradinho: Sobradinho X Luziânia
14-03-2018 – No “Frei Norberto”, em Paracatu: Paracatu X Paranoá

Paulo Renê, do Paracatu, é o artilheiro do “Candangão”, com 7 gols.

Classificação

01 - Gama - 20 pontos - 10 Vitórias
02 - Brasiliense - 20 pontos - 9 vitórias
03 - Ceilândia - 19 pontos
04 - Real - 18 pontos
05 - Sobradinho - 17 Pontos
06 - Paracatu - 15 pontos
07 - Luziânia - 14 pontos
08 - Formosa - 12 pontos
09 - Bolamense - 10 pontos
10 - Paranoá - 6 pontos
11 - Samambaia - 5 pontos - Saldo menos 9 gols
12 - Santa Maria - 5 pontos - Saldo menos 13 gols

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Candangão 2018


Com falhas dos goleiros e pênalti defendido, Sobradinho e Gama empatam

Por Victor Gammaro - Especial para o Correio Braziliense

Terminou empatado o jogo da sétima rodada que valia a liderança do Campeonato Brasiliense. Sobradinho e Gama duelaram debaixo de sol forte na manhã deste domingo (18/2) e ficaram no 2 x 2. A partida foi marcada por falha dos dois goleiros, pênalti perdido pelos donos da casa e a falta de água no Estádio Augustinho Lima.

Devido ao calor, os times pouco criaram até os 30 minutos do primeiro tempo. Aos 31, o Sobradinho começou uma pressão que durou até o fim da primeira etapa. Após cobrança de escanteio, o goleiro Léo saiu mal e Geovane tocou de cabeça para abrir o placar. O time anfitrião atacava muito pelo lado esquerdo, nas costas do lateral alviverde Marcos Douglas.

Dez minutos após o gol, Mirandinha foi derrubado por Léo e o árbitro Gildevan Lacerda marcou o pênalti. Na cobrança de Everton, ex-Gama, boa defesa do goleiro do Periquito. Aos 43, o mesmo Mirandinha driblou o dono da meta alviverde e tocou para o fundo da rede, mas o gol foi anulado pelo auxiliar Kleber Alves, que viu impedimento na jogada.

Duas curiosidades marcaram o intervalo da partida. O único bar do Augustinho Lima não atendeu à demanda por garrafinhas d'água dos pouco mais de 840 presentes no estádio, e os torcedores ficaram com sede, já que, nas torneiras, também não havia água. Além disso, o técnico Ricardo Antônio preferiu não ir para o vestiário durante os 15 minutos de descanso. O comandante do Gama deu as instruções aos atletas sentados no gramado.

O Gama foi melhor durante quase toda a etapa final. Logo aos 8, em cobrança de falta, Tarta chutou forte e o goleiro Leo, xará do camisa 12 gamense, espalmou para dentro do gol do Sobradinho. Era o empate alviverde. Mesmo com o visitante mandando no jogo, o Leão da Serra fez o segundo com outra bola alçada na área, dessa vez para a cabeçada do zagueiro Igor, livre de marcação, aos 15 minutos.

A partir daí, só o Periquito jogou. A pressão surtiu efeito aos 22 minutos, quando Jacó aproveitou cruzamento na área para empatar o confronto. 

Novamente, o goleiro Leo espalmou a bola para as próprias redes. A sequência de falhas do goleiro do Sobradinho fez com que o torcedor do Gama ovacionasse o atleta rival. "Goleiro, goleiro!", gritavam os mais animados. Na última chance alviverde, porém, Leo salvou o Leão em um belo voleio de Dener.

Após o empate, Ricardo Antônio admitiu que o resultado não foi ruim. "O adversário não é líder à toa, fazer um ponto na casa deles tem um sabor bom", disse. 

No próximo domingo, o Gama visita o Paracatu, em Minas Gerais, enquanto o Sobradinho vai até o Abadião enfrentar o Ceilândia. Com o placar, o Leão continua na liderança do Candangão, agora com 14 pontos. Em segundo, com 13, o Gama também não deve ser alcançado, mas pode ver o Real colar na tabela, caso vença o Formosa, nesta terça-feira, no Bezerrão.

Na estreia do técnico Aílton Ferraz, o Brasiliense venceu o Paranoá por 1 X 0 na tarde deste domingo, no Mané Garrincha. Dois gols de Romarinho e um de Nunes garantiram o resultado, que ameniza a crise. As últimas duas semanas do atual campeão candango foram tumultuadas após as eliminações na Copa do Brasil, diante do Oeste-SP, e da Copa Verde, contra o Atlético Itapemirim, do Espírito Santo.

FICHA TÉCNICA

Sobradinho: Léo - Luan - Igor - Rambo e Dionatan. Lucas Bocão (Paulo Henrique) - Geovane - Everton Cézar e Joãozinho (Baiano). Mirandinha e Patrick (Rafael). Técnico: Vitor Santana

Gama: Léo - Marquinhos - Felipe Marcelino - Jacó e Sami. Pipoca - Balotelli -  Tarta e Almir Dias (David Dener). Fernandinho (Fábio Gama) e Fábio Saci (Gleicinho). Técnico: Ricardo Antônio,

Local: Estádio: Augustinho Lima (Sobradinho)
Gols: Geovane, aos 31 minutos do primeiro tempo; Tarta, aos 6, Igor, aos 15, Jacó, aos 20 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Paulo Henrique (Sobradinho), Léo e Felipe Marcelino (Gama)
Público: 840 pagantes
Renda: R$ 8.410,00
Árbitro: Gildevan Lacerda

Lance do jogo Sobradinho X Gama,(Foto: Jornal "Correio Braziliense")

Demais resultados da 7ª rodada

Domingo

Luziânia 2 X 0 Samambaia
Bolamense 1 X 2 Ceilândia
Paracatu 3 X 1 Santa Maria
Brasiliense 3 X 0 Paranoá

Terça-feira

15h30 Real x Formosa

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Candangão 2018

5ª RODADA

07/02 16.30 – Paranoá 0 X 0 Luziânia – Augustinho Lima
07/02 17.00 – Real 1 X 2 Bolamense – Serra do Lago
08/02 17.00 – Samambaia 0 X 1 Formosa – Rorizão
09/02 20.00 – Brasiliense 2 X 1 Gama – Mané Garrincha
10/02 17.00 – Paracatu 1 X 2 Sobradinho – Frei Norberto

07/03 15.30 – Santa Maria X  Ceilândia – Rorizão

6ª RODADA

O time do Sobradinho perdeu a invencibilidade no campeonato, ao ser derrotado pelo Real,em casa, por 1 X 0, pela sexta rodada do turno de classificação do "Candangão 2018". O gol único da partida foi marcado por Baiano.

Gama 5 x 2 Santa Maria
Formosa 0 X 1 Paracatu
Bolamense 0 X 2 Luziânia
Samambaia 1 X 0 Paranoá
Ceilândia X Brasiliense - Adiado por causa da participação do Brasiliense na "Copa Verde".

Gama leva susto mas goleia o lanterna. 

7ª RODADA

Domingo - 11 da manhã - No "Augustinho "Lima", em Sobradinho: Sobradinho X Gama
Domingo - 15h30min - No "Serra do Lago", em Luziânia: Luziânia X Samambaia
Domingo - 15h30min - Bolamense X Ceilândia
Domingo - 16 horas - No "Frei Norberto", em Paracatu: Paracatu X Santa Maria
Domingo - 16 horas - No "Mané Garrincha", no Plano Piloto: Brasiliense X Paranoá
Terça-feira, dia 20 - No "Bezerrão", no Gama: Real X Formosa

CLASSIFICAÇÃO

01 - Sobradinho - 13 PG
02 - Gama - 12 PG
03 - Real - 10 PG - 9 gols pró
04 - Paracatu - 10 PG - 6 gols pró
05 - Ceilândia - 7 PG - Saldo 4 gols
06 - Brasiliense - 7 PG - 2 vitórias
07 - Luziânia - 7 PG - 1 vitória
08 - Bolamense - 6 PG - Saldo menos 2 gols
09 - Formosa - 6 PG - Saldo menos 5 gols
10 - Paranoá - 4 PG - Saldo menos 2 gols
11 - Samambaia - 4 PG - Saldo menos 5 gols 
12 - Santa Maria - 1 PG

Devido às participações de Brasiliense e Ceilândia em competições a nível nacional, além de situações extracampo, como a chuva ocorrida em Paracatu, durante a disputa da terceira rodada, algumas partidas do 43º Campeonato de Futebol Profissional da Primeira Divisão do Distrito Federal foram adiadas pelas rodadas anteriores. 

De acordo com a tabela oficial, Ceilândia x Paranoá (1ª rodada), Brasiliense x Bolamense (3ª rodada) e Paracatu x Luziânia (3ª rodada), serão realizados no próximo dia 22 de fevereiro (quinta-feira).

CONFIRA OS LOCAIS E HORÁRIOS DAS PARTIDAS:

Ceilândia x Paranoá – Abadião (15h30)
Brasiliense x Bolamense – Mané Garrincha (16h)
Paracatu x Luziânia – Frei Norberto (18h)

Outros dois confrontos que ficaram atrasados ainda serão realizados. Um deles, entre Santa Maria e Ceilândia, válido pela 5ª rodada, está marcado para o dia 7 de março (quarta-feira), às 15h30, no estádio Bezerrão.

Já Ceilândia x Brasiliense (6ª rodada), ainda não tem data marcada.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Candangão 2018

O Sobradinho voltou a liderança do "Candangão 2018", ao bater na chuvosa manhã de domingo, no Estádio "Augustinho Lima", ao Paranoá pelo marcador de 2 X 1. Para voltar a primeira colocação, o "Leão da Serra" foi beneficiado pela derrota do Real, frente o Ceilândia, por 2 X 1, em jogo disputado no estádio

Sobradinho venceu mais uma e voltou a liderança.

Os demais jogos da quarta rodada do Turno de Classificação tiveram estes resultados:

No "Serra do Lago", em Luziânia (sábado) - Luziânia 1 x 1 Brasiliense
No "Diogão", em Formosa (domingo): Formosa 1 X 0 Santa Maria
No "Serejão", em Taguatinga (domingo): Bolamense 0 x 1 Paracatu
No "Serra do Lago", em Ceilândia (domingo): Real 1 X 2 Ceilândia
(hoje): No "Bezerrão", no Gama: Gama X Samambaia

Próxima Rodada - De Número 5

Quarta-feira (7/2) - No "Augustinho Lima", em Sobradinho : Paranoá X Luziânia
Quarta-feira (7/2) - No "Serra do Lago", em Luziânia : Real X Bolamense
Quinta-feira (8/2) - No "Rorizão", em Samambaia: Samambaia X Formosa
Sexta-feira (9/2) - No Mané Garrincha: Brasiliense X Gama
Sábado (10-2) - No "Frei Norberto", em Paracatu: Paracatu X Sobradinho
Quarta-feira (7/3) - No "Bezerrão", no Gama: Santa Maria X Ceilândia

Classificação

01 - Sobradinho: 10 PG
02 - Ceilândia: 7 PG - Saldo de gols: 4
03 - Real - 7 PG: Saldo de gols: 2 - Gols pró: 7
04 - Paracatu - 7 PG - Saldo de gols: 2 - Gols pró: 4
05 - Gama - 6 PG
06 - Brasiliense - 4 PG
07 - Paranoá - 3 PG - Saldo de gols: menos 1 - Gols pró: 3
08 - Bolamense - 3 PG - 1 vitória - Saldo de gols: menos 1 - Gols pró: 2
09 - Formosa - 3 PG - 1 vitória - Saldo de gols: Menos 5
10 - Luziânia - 3 PG - 0 Vitórias
11 - Samambaia - 1 PG - Saldo de gols: Menos 2
12 - Santa Maria - 1 PG - Saldo de gols: Menos 4

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Uma melhor que a outra





















sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Candangão 2018

Terceira Rodada

Na quarta-feira

No "Augustinho Lima", em Sobradinho: Sobradinho 1 X 1 Samambaia
No "Abadião", em Ceilândia: Ceilândia 3 X 0 Formosa
No "Bezerrão", no Gama: Santa Maria 0 X 2 Real
No "Frei Norberto", em Paracatu: Paracatu X Luziânia. Em virtude da forte chuva o jogo foi remarcado para 21 de fevereiro

Na quinta-feira

No "Bezerrão", no Gama: Gama 2 X 0 Paranoá

O jogo entre Brasiliense X Bolamense foi adiado em virtude da partida do "Jacaré" pela Copa Verde.


Real assumiu a liderança do "Candangao".

Próxima Rodada - 4ª do Turno de Classificação

Amanhã - sábado

10h30min, no "Augustinho Lima", em Sobradinho: Paranoá X Sobradinho (o mando de campo é do Paranoá)

No "Serra do Lago", em Luziânia: Luziânia X Brasiliense

No domingo

No "Serra do Lago", em Luziânia: Real X Ceilândia

No "Bezerrão", no Gama: Gama X Samambaia

No "Diogão", em Formosa: Formosa X Santa Maria

No "Abadião", em Ceilândia: Bolamense X Paracatu

Classificação

1º - Real - 7 PG - Saldo 3 GOLS
2º - Sobradinho - 7 PG - Saldo 2 gols 
3º - Gama - 6 PG
4º - Ceilândia - 4 PG - Saldo 3 gols
5º - Paracatu - 4 PG - Saldo 1 gol
6º - Brasiliense - 3 PG - Saldo 0 - 3 gols pró
7º - Bolamense - 3 PG - Saldo 0 - 2 gols pró
8º - Paranoá - 3 PG - Saldo 0 - 2 gols pró
9º - Luziânia - 2 PG
10º - Samambaia - 1 PG - Saldo menos 2 gols
11º - Santa Maria - 1 PG - Saldo menos 3 gols
12º - Formosa - 0 PG  

domingo, 28 de janeiro de 2018

Candangão 2018

Resultados da 1ª Rodada

No "Augustinho Lima", em Sobradinho: Sobradinho 2 x 1 Formosa. Geovane e Michel Platini marcaram para o Sobradinho, enquanto Daniel descontou para os visitantes.
No "Mané Garrincha", no Plano Piloto: Brasiliense 0 x 1 Real
No "Rorizão", em Samambaia: Samambaia 0 X 1 Paracatu 
No "Bezerrão", no Gama: Gama 1 X 2 Bolamense
No "Bezerrão", no Gama: Santa Maria 2 X 2 Luziânia

Gama perdeu em casa para o novato Real. (Foto: Super Esportes)

SEGUNDA RODADA

A segunda rodada do Campeonato Brasiliense começou ontem, sábado, com os jogos Samambaia 1 X 2 Brasiliense, no "Rorizão", em Samambaia, Paranoá 1 X 0 Santa Maria, no "Augustinho Lima", em Sobradinho e Real 2 X 2 Paracatu, no "Serra do Lago", em Luziânia. 

Hoje, domingo, tivemos estes jogos: Luziânia 0 X 0 Ceilândia, no "Serra do Lago", Formosa 0 X 2 Gama, no "Diogão", em Formosa e Bolamense 0 X 1 Sobradinho, no "Cerejão", em Taguatinga. 

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Meu Deus do céu!!!